Clientes de última hora compram peixes para a Semana Santa
Publicação: 09/04/2020
Categorias: Blog | Notícias
Autor: Quero Morar em Niterói

Mesmo com a baixa expectativa nas vendas de peixes para a Semana Santa, o movimento de clientes de última hora no Mercado São Pedro, no Centro de Niterói, é intenso, na manhã desta quinta-feira (9). A fila de clientes, respeitando a distância de 1 metro entre eles, dobrava a esquina da Av. Feliciano Sodré.

Devido à alta demanda, o serviço de delivery precisou ser suspenso no dia que antecede o feriado e retornará apenas na próxima semana. Por conta do atendimento inteiramente de forma presencial, o mercado limitou sua lotação em 50 clientes e funcionários coordenam a fila e higienizam as mãos dos frequentadores na entrada.

“As pessoas estão cumprindo o que as autoridades estão pedindo, para entrar 50 pessoas por mês. Não tem mais mão de obra para o delivery e sobrou mercadoria para os compradores de última hora. O movimento está aquecido e estamos esperando mais gente para sexta-feira”, afirmou o porta-voz do Mercado São Pedro, Mário Manarino.

Em alguns momentos, pequenas aglomerações acabavam acontecendo, no interior do mercado, quando se formavam filas para comprar nos boxes. Os clientes que estavam aguardando precisavam dividir espaço com quem passava pelo corredor.

No entanto, mesmo com o aumento da procura nos dias que antecedem o feriado, a expectativa ainda é de queda nas vendas, em relação ao ano passado. Na edição de terça-feira (6) de O FLUMINENSE, foi noticiado que o setor espera queda entre 60% e 70%. A projeção continua igual.

“O volume de vendas continua tendo uma expectativa para baixo, o maior trabalho tem sido no ordenamento das pessoas. Tivemos que parar com o serviço de delivery por conta da alta demanda. O atendimento está sendo feito apenas de forma presencial, seguindo as recomendações, sem aglomerações”, concluiu Mário Manarino.

A costureira France Lemos, de 50 anos, deixou as compras para o último dia para se resguardar da possibilidade de contrair o coronavírus. Para ela, embora os preços estejam mais altos em relação ao ano passado, os valores estão de acordo com o mercado atual.

“A gente está se resguardando e procuramos sempre sair pouco de casa, deixo para frente na esperança de ficar melhor. Hoje está bem tranquilo aqui. Só achei que aumentou um pouco em relação ao ano passado, mas tenho comprado peixes ultimamente e para a situação, o preço está normal, não está abusivo”, disse.

O Mercado São Pedro funciona, nesta quinta-feira, até as 16h. Na sexta-feira (10) e no sábado, o horário é de 6h às 16h. No domingo, o mercado estará aberto entre 6h e 12h. Os restaurantes seguem de portas fechadas. A recomendação das autoridades de saúde é que apenas um membro da família vá fazer as compras.

Fonte: O Fluminense

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.