Niterói é a única com gestão fiscal excelente no Estado, diz Firjan
Publicação: 02/11/2019
Categorias: Blog | Notícias
Autor: Quero Morar em Niterói

Cidade ocupa o topo em ranking no Rio e se destaca também em autonomia financeira, com base em dados do Tesouro Nacional

Niterói tem a melhor gestão de finanças, de acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado nesta quinta-feira (31), a partir de dados da Secretaria do Tesouro Nacional, mostra que o município foi o único que apresentou uma gestão fiscal excelente em 2018 e permanece no topo do ranking no estado.

O estudo ressalta que a prefeitura de Niterói também é um bom exemplo de autonomia financeira, já que consegue arcar com suas despesas administrativas sem depender da alta arrecadação de royalties, o que torna o equilíbrio das contas públicas menos vulnerável.

O levantamento analisou as contas de 5.337 prefeituras do Brasil a partir de quatro indicadores: Autonomia, Gastos com Pessoal, Liquidez e Investimentos. Niterói alcançou a nota máxima em Gastos com Pessoal e nota de excelência em Autonomia e Liquidez.

“Niterói se destaca como o único município no Estado que apresentou uma gestão fiscal excelente”, disse o relatório divulgado pela Firjan. O documento acrescenta que a prefeitura também é um bom exemplo de autonomia financeira.

Para o prefeito Rodrigo Neves, o resultado comprova que Niterói está na contramão dos resultados de desequilíbrio fiscal no estado.

“Cortamos gastos desnecessários e priorizamos o essencial. Os resultados aparecem neste índice, onde Niterói desponta como uma cidade que tem conseguido, com muito trabalho, superar a crise mais geral. O equilíbrio das contas nos permitiu ampliar investimentos que impactam diretamente no dia a dia da população em áreas como Segurança Pública, Mobilidade, Infraestrutura, Saúde e Educação”, disse Rodrigo.

Os dados divulgados pela Firjan mostram a evolução da gestão fiscal em Niterói. No primeiro Índice Firjan, que analisou as contas de 2005, a cidade ficou em 23º lugar no Estado. Em 2012, a cidade estava em 55º no estado. Em 2014 pulou para 7ª, 2015 para 2ª e em 2016 e para o 1º lugar.

 

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.