Niterói em festa!
Publicação: 16/11/2017
Categorias: Blog
Autor: Quero Morar em Niterói

Niterói comemora seus 444 anos com uma extensa programação espalhada por vários bairros da cidade, que inclui show, dança, exposições e teatro.

cultura

Segundo Marcos Gomes, secretário de Cultura de Niterói, a programação, além de ser diversa, dará oportunidade para os artistas locais.

“A ideia foi fazer uma programação grande e diversificada, para todos os gostos. Teremos grandes nomes da música nacional como Criolo, 14 Bis – com a participação do Flávio Venturini –, Zeca Pagodinho, o grupo Fundo de Quintal, Teresa Cristina, Dudu Nobre”, explica o secretário.

As pratas da casa, aqueles talentos locais que merecem espaço, também têm vez na programação de aniversário da cidade. No sábado, haverá batalhas de rima no Horto do Fonseca; no domingo, Igor Carvalho abre a noite musical; na segunda, o grupo Samba vai tocar na Praça da Cantareira. Um dos destaques da programação será a apresentação da Orquestra Sinfônica Aprendiz, no Teatro Municipal

No domingo, dia 19, é a vez da banda 14 Bis se apresentar na Praia de São Francisco. Dono do sucesso “Todo azul do Mar”, o grupo promete embalar os fãs com direito à participação do ex-integrante Flávio Venturi.

“Pra gente, com certeza será um dia muito importante, não só pelo fato de estarmos junto com o público comemorando os 444 anos de Niterói, mas também por estar fazendo esse show com o Flávio, num momento muito raro. Ele saiu da banda há mais de 20 anos e todas as pessoas que curtem o 14 Bis sempre tiveram vontade de ver o Flávio de volta”, admite Magrão, baixista da banda.

bom2

Programação:

Dia 18 (sábado) – Às 14h a programação será iniciada com Os Fuxiqueiros cantando músicas populares para a criançada, no Horto do Fonseca. Logo após, às 17h, o grupo Estrelato abrirá o show da Teresa Cristina que subirá no palco junto com Mosquito, num show que fará homenagens aos grandes sambistas.

Dia 19 (domingo) – O domingo começará com uma animada batalha de rima do projeto “Viva Zumbi” da conexão Favela & Arte, no horto do Fonseca. Já na orla de São Francisco, Igor Carvalho fará a abertura da programação musical que terá o grande encontro da banda 14 Bis recebendo o ex-integrante Flávio Venturini.

Dia 20 (segunda) – No dia da consciência negra, o grupo niteroiense Sambaí dará o pontapé inicial na Praça da Cantareira. Com diversas atividades da cultura negra como jongo, capoeira, dança afro, charme e muito samba a partir das 18h com Dudu Nobre e Áurea Martins.

Dia 21 (terça) – O caminho Niemeyer receberá, a partir das 14h30, a abertura da exposição do projeto “Revisitando a Literatura Fluminense”, homenageando Lili Leitão e a roda literária do Café Paris. Já na Praça Arariboia a fundação municipal de educação promove a intervenção urbana “Precisamos Falar de Racismo”.

Dia 22 (quarta) – No dia do aniversário da cidade, o caminho Niemeyer será o palco da gravação do DVD do Samba Social Clube, com participações do Zeca Pagodinho, Moacyr Luz e Fundo de Quintal, a partir das 18h. O Teatro Municipal receberá a Orquestra Sinfônica Aprendiz.

Dia 24 (sexta) – A professora emérita da UFF, Ismênia Martins, fará uma palestra no encontro “Palavra e Cidade” na Biblioteca Parque de Niterói, de 14h às 18h.

Dia 25 (sábado) – Com a abertura de um dos ícones da cena noturna carioca, o DJMAM, o Rapper Criolo, um dos maiores nomes da música nacional nos últimos anos, fará um supershow e cantará músicas dos seus álbuns de sucesso como “Convoque seu Buda”, “Nó de Orelha”, “Ainda Há Tempo” e “Espiral de Ilusão” na praia de Piratininga, às 19h.

Dia 26 (domingo) –  O bairro de São Francisco vai receber o Niterói Skate Contest, de 8h às 18h, no Skate Parque Carlos Alberto Parizzi. Evento que contará com bandas de rock, rap e DJs. “AS CIGARRAS CANTORAS”, composta por Eliane Furlani e Danielle Fritzen, será a atração às 10h, com muita contação de histórias e música, no Horto do Barreto.

Dia 29 (quarta) – Para encerrar a programação de aniversário da cidade com “chave de ouro”, às 19h, será aberta a exposição “Caminhando com Janete”, no Museu Janete Costa. A mostra faz uma grande homenagem à arquiteta pernambucana, mas niteroiense por adoção, Janete Costa, que empresta seu nome ao museu. Janete, que escolheu Niterói para viver, dedicou sua longa caminhada ao ofício de valorizar a arte popular brasileira.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.