A prefeitura da cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, celebrou seu aniversário de 448 anos e prestou uma homenagem ao ator e humorista Paulo Gustavo (1978–2021) na última segunda-feira (22).
Foram inauguradas estátuas do ator e sua personagem Dona Hermínia, protagonista da série de filmes “Minha mãe é uma peça”. As estátuas estão localizadas no Campo de São Bento, em Icaraí, e já viraram atração. 
Feitas em bronze, as esculturas são assinadas por Jo Grassini.
Saiba mais sobre o humorista

Nascido em Niterói, Paulo Gustavo morreu em maio deste ano, aos 42 anos, por complicações da COVID-19. Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi no espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia, que marcaria sua carreira para sempre.

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois.

Além do sucesso de Dona Hermínia, o ator se destacou pelos filmes “Minha vida em Marte” (2018) e “Os homens são de Marte… e é para lá que eu vou” (2014), contracenando ao lado da  atriz e amiga Mônica Martelli. Ele também interpretou o  personagem Valdormiro no ‘Vai que Cola’.

Clique aqui para imprimir