Se você joga no time dos solteiros e está procurando imóveis para alugar. Fique atento a algumas dicas importantes. Quando se busca um apartamento para solteiro, a primeira coisa a se pensar é o tipo de imóvel em vista. Ele precisa suprir suas necessidades atuais e futuras.

A pergunta é porque? Pois, ela influenciar em seus gastos, assim como no tempo gasto no trânsito, por exemplo. Por isso, um ótimo conselho é avaliar sua rotina e entender o que você precisa.

Não esqueça daqueles pontos chaves: percorrer e conhecer o bairro desejado, identificar se existe õnibus ou metrô na região e se o local oferece comércio e atende as suas necessidades para o dia a dia.

 

Veja  dicas que o blog queromoraremniteroi preparou para você:

 

1. Apartamento kitnet ou conjugado

Estamos falando de um imóvel pequeno e ideal para  uma ou no máximo duas pessoas. A composição principal é uma sala, cozinha e banheiro – é importante entender que todas possuem  tamanho compacto. O mais comum é utilizar móveis planejados para ganhar praticidade dos ambientes e organizar tudo de acordo com o que é preciso.

Se você passa muito tempo fora de casa, trabalhando ou estudando, o apartamento kitnet pode ser uma ótima opção.

2. Apartamento padrão de 1 ou 2 quartos

O apartamento padrão é aquele de 1 ou 2 quartos, ideal para aquelas pessoas solteiras, mas que tem filhos. Este imóvel é interessante para quem precisa de espaço. Se  você tem pets, hobbies ou, até mesmo, trabalhe em casa, um cômodo extra é excelente.

3. Apartamento studio 

Eles geralmente ficam próximos a grandes centros, comércios, faculdades e outros. A praticidade da região é combinada com a facilidade de viver em um imóvel amplo, mas compacto. Os studios são pequenos, mas  é possível aproveitar cada centímetro do espaço.

Às vezes, eles contam com um mezanino como quarto ou escritório, pois esse tipo de apartamento para solteiro costuma ter o pé-direito alto. E dá para aproveitar a solterice!

Lembre-se, essas são algumas dicas, mas sempre é importante procurar a orientação de um especialista, ou seja um corretor de imóvel.

 

Clique aqui para imprimir